quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Ocupação Saudável

O refrão “uma mente ociosa é o laboratório do diabo” é muito certo. Portanto devemos dar à mente uma ocupação saudável e criadora, alimentá-la com pensamentos elevados e uma aspiração nobre. Caso contrário, dirigir-se-á para objetos inferiores e se dispersará, e nesse estado nunca poderá ser controlada.



Se pudermos penetrar no mais íntimo da instabilidade de nossa mente, descobriremos que a causa é um ou vários pensamentos negativos atuando uns sobre os outros. Portanto, para firmar a mente precisamos proteger nossos pensamentos com perseverança. Buda ensina:

Assim como um arqueiro estende seu arco, o sábio dirige seu pensamento vacilante e inconstante para uma linha reta. Que o sábio proteja seus pensamentos astutos e difíceis de perceber. Os pensamentos bem vigiados dão felicidade.

Uma correta introspecção revelará que a inadvertência se encontra na raiz da agitação da mente. Tal inadvertência ou descuido nos chega naturalmente, porque não nos treinamos no cultivo da mente para ocupações internas mais elevadas.

..

Cultivar constantemente a atenção para o supremo objetivo da vida, o Espírito Supremo, é um método poderoso para a firmeza da mente, que oportuniza um benefício muito maior que outras práticas.

Que a mente se ocupe de coisas saudáveis, não significa que deva ser monótona. Se assim fosse, a tarefa seria penosa e insalubre. Temos uma variedade para escolher, renovar e assegurar a ocupação saudável da mente. Sri Krishna ensina:

A caridade, o cumprimento dos deveres, a observação dos votos, ouvir as  escrituras, atos meritórios e outras ações, tudo isto culmina no controle da mente, que é suprema yoga. (Srimad Bhagavatam, XI, 23.46)
-
Do livro A Mente e Seu Controle, de Swami Budhananda - publicado na Revista Vedanta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe: