quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O ser individual e a Alma Universal

“O Atman (Self) nunca chega nem parte, não tem nascimento nem morte. É a natureza que passa diante dele e esse movimento se reflete nele. O Atman, ignorantemente, pensa ser ele, e não a natureza, que se transforma. Ao pensar dessa forma torna-se prisioneiro. Porém quando descobre que é imutável e onipresente, alcança a liberdade. O Atman aprisionado chama-se jiva. Vê-se, então, que quando se diz que o Atman chega e parte, é unicamente por força de expressão.”  
Swami Vivekananda


“A união do "jivatman" e do "Paramatman" (ser individual e Deus), assemelha-se a união dos dois ponteiros do relógio, o que ocorre uma vez por hora. Estão relacionados entre si e são interdependentes, e, embora geralmente marchem separados, podem unir-se nas oportunidades favoráveis.”  Sri Ramakrishna




"Aquele que vê ao Supremo Senhor residindo igualmente em todos os seres, que vê ao Imperecedouro nos objetos perecedouros, só ele vê corretamente.
Porque vendo que o Senhor mora igualmente em toda parte, ele não causa dano a seu próprio Ser e logra a Meta Suprema."
(Causar dano significa ignorar a existência do Ser). Bhagavad-Gita XIII, 27-28

“A idéia do ego individual é como se alguém, após cercar determinada porção da água do rio Ganges, lhe chamasse ‘meu Ganges’.“ 
Sri Ramakrishna
Destacamos dos comentários de Sri Shankaracharya sobre o cap. XIII do Gita (objeto de estudo deste mês):

Brahman é a fonte de toda atividade.
Brahman é incondicionado.
Brahman, o observador dos Gunas.
Brahman é tudo.
É Brahman, o conhecível, que aparece como os corpos, animados e inanimados, tal qual uma corda aparece como uma cobra.
Brahman é compreendido pelos sábios.

"Aquele que conhece Brahman é o próprio Brahman." Mundaka Upanishad 3, 2-9
"Tudo é o Self e o Self somente." Bri Up. 2-4-6
"Tudo é Brahman e Brahman somente." Bri Up. 2-5-I
Brahman é o Self em tudo.
Brahman é a Causa do Universo.
Brahman é o Iluminador de tudo. A luz está no coração de cada um. Busque a Luz através da devoção.
Nada existe fora do Self.
O único Self em tudo.
 O Senhor Supremo existe, sem qualquer diferença, em todos os seres vivos, desde Brahma até o objeto inanimado.
O conhecimento do Uno (Self) conduz à moksha (liberação) .
Prakriti age, e não o Self.

“Como a lâmpada não pode queimar sem óleo, semelhantemente o homem não pode viver sem Deus.”
Sri Ramakrishna