terça-feira, 15 de outubro de 2013

A Harmonia das Religiões

“Todos aqueles que realmente alcançaram a verdadeira experiência religiosa deixam de questionar a forma pelas quais as diferentes religiões se expressam. Eles sabem que a alma de todas as religiões é a mesma e por isso não têm mais nenhuma divergência com alguém só porque ele ou ela não fala a mesma linguagem.”  
Swami Vivekananda
Leia o artigo - A Harmonia das Religiões, Swami Tyagananda

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Harmonia interreligiosa e Dia internacional da não-violencia

A Índia celebra hoje o 141º aniversário do nascimento do pai da nação, Mohandas Karamchand Gandhi, o Mahatma ( Grande Alma). Gandhiji (o sufixo indica respeito na Índia) nos mostrou como enfrentar de forma resolvida ao medo, a compreender a importância da verdade e a trabalhar para a erradicação da pobreza, o analfabetismo e a discriminação.
Nascido em 2 de outubro de 1869 no atual estado de Gujarat (oeste da Índia), Gandhi estudou Direito na Inglaterra e viveu na África do Sul antes de liderar a luta pacífica pela independência indiana do Império Britânico, obtida em 1947. Gandhi fez da "não violência" ou desobediência civil uma estratégia de luta contra o Império Britânico, defendeu por acabar com a injustiça perpetuada pelo sistema de castas e foi um firme defensor da harmonia interreligiosa.
--
Fonte e matéria completa: Estadão

A Vedanta enfatiza a harmonia das religiões e também da ênfase à necessidade de mergulharmos profundamente na tradição espiritual de nossa escolha. Sri Ramakrishna personificou o ideal de harmonia das religiões e Swami Vivekananda, seu discípulo mensageiro, divulgou a Vedanta no ocidente da forma como foi vivenciada e ensinada por Sri Ramakrishna, tendo participado do Parlamento Mundial das Religiões em Chicago no mês de setembro de 1893. Seus discursos tornaram-no conhecido como um “Orador de direito divino” e como o “Mensageiro da sabedoria indiana para o mundo Ocidental”. Após o Parlamento, Swami Vivekananda permaneceu nos EUA por cerca de três anos e meio divulgando a mensagem de universal da Vedanta.
Palavras de Gandhi sobre Sri Ramakrishna:
“A história da vida de Ramakrishna Paramahansa é a história da religião na prática. Sua vida permite-nos ver Deus face a face. Ninguém pode ler a história de sua vida sem ficar convencido de que só Deus é real e tudo o demais é ilusório. Ramakrishna foi uma viva personificação da Divindade”. Mahatma Gandhi