quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Sri Ramakrishna: Praticou todas as Religiões

"A mente de Sri Ramakrishna estava sempre aberta à Verdade. Ele não aceitava nada de segunda mão. Não acreditava em nada pelo fato de que estivesse escrito em um livro, nem porque tivesse sido declarado por algum grande ser. Ele queria conhecer a Verdade por si mesmo. Antes de aceitar uma verdade, procurava realizá-la primeiro em sua própria vida e, com base em sua experiência pessoal, ensinava-a aos outros para que estes também pudessem ser beneficiados por ela.

Por quase doze anos antes de aparecer em público e de fazer algum discípulo, Sri Ramakrishna, da mesma forma que um investigador científico, esquadrinhou as crenças de cada religião.  Seguiu seus métodos e executou seus rituais e cerimônias com uma fé perfeita e devoção ardente com o objetivo de poder realizar o fim que podia ser alcançado por cada uma das religiões. Para sua grande surpresa, descobriu que acabava tendo a mesma experiência, do mais elevado estado de Consciência Divina, pelas práticas recomendadas por cada uma das tradições religiosas.
 


Todas as vezes que Sri Ramakrishna desejava seguir qualquer caminho em particular, vinha-lhe uma alma perfeita que havia realizado o Ideal desta seita para dirigi-lo naquela senda. Esses grandes Santos e Mestres reconheceram em Sri Ramakrishna a manifestação dos Poderes Divinos, ao ver que em um curto espaço de tempo ele realizava o Ideal Espiritual que eles só puderam realizar após muitos anos de austeridade, adoração e extremada devoção.

Havendo terminado as suas investigações, o Mestre estava preparado para proclamar sua mensagem e dar ao mundo os frutos de sua própria experiência e realização. Porém, ao contrário de outros Mestres Espirituais, ele não saiu em busca de discípulos e crentes. Assim, como uma fragrante flor não busca as abelhas, mas aguarda pacientemente que as abelhas venham a ela, Sri Ramakrishna esperou que seus discípulos viessem a ele no templo-jardim de Dakshineswar situado às margens do Rio Ganges.
...
Sri Ramakrishna possuía um maravilhoso intelecto e uma aguda visão interna da verdadeira natureza das coisas e acontecimentos, e utilizando as ocorrências mais comuns da vida diária como exemplo, conseguia fazer que as mentes obscuras das pessoas mundanas alcançassem a profundidade espiritual, a beleza e a grandeza de seus sublimes ideais. Ele vertia diretamente da Fonte cada palavra que pronunciava, para que chegasse à alma de seus ouvintes. As pessoas escutavam com assombro e admiração seus originais discursos sobre os mais difíceis problemas concernentes à vida e à morte, à natureza e origem da alma, à origem do universo e nossa relação com Deus.

Nesta época de raciocínio científico, o Sri Ramakrishna demonstrou ao mundo como o Senhor do universo pode ser realizado e alcançado nesta vida, e nenhum outro senão ele aventurou-se para passar por todas as provas dos céticos e agnósticos para provar que havia alcançado a Consciência Divina. Aqueles que o viram e viveram com ele durante anos e o observaram dia e noite, declararam, ante o mundo, que ele era a personificação dos mais elevados ideais espirituais de todas as nações, e que quem quer que o adore com fé e reverência, adora nele a mais recente manifestação da Divindade.

Sri Ramakrishna provou, com seu exemplo, que quando há um desejo veemente de ver a Deus, está próxima a oportunidade da realização da Verdade absoluta. Sua vida deu ao mundo uma grande demonstração de que até nesta época pode ser alcançada a Divindade e a divina perfeição pode ser adquirida por aquele que é puro, casto, simples e cuja devoção tem o calor de todo seu coração e de toda sua alma."
___
Trechos do texto: Quem foi Sri Ramakrishna, de Swami Abhedananda, discípulo direto de Sri Ramakrishna, foi um grande santo e erudito, autor de diversos livros. Ele foi enviado por Swami Vivekananda em 1897 para liderar a Sociedade Vedanta em Nova York e espalhou a mensagem da Vedanta no Ocidente até 1921, quando retornou a Índia para continuar a missão de Sri Ramakrishna e Swami Vivekananda.

Um comentário:

  1. Cada vez que leio ou ouço falar de Ramakrisna fico tomado por uma alegria maravilhosa de como é possível um ser como este encarnar e colocar em palavras de simples entendimento assuntos tão difíceis de se falar a respeito.

    Que possa Ramakrisna receber o amor e gratidão que aqueles que veem a jóia de seus ensinamentos tem por Ele

    Oh Mestre amado, receba!

    ResponderExcluir

Compartilhe: